Periodicidade: Diária - Director: Armando Alves - 19/11/2019.
 
 
IMAGENS E CRÓNICA DA CORRIDA MISTA NA NAZARÉ
IMAGENS E CRÓNICA DA CORRIDA MISTA NA NAZARÉ
08 de Setembro de 2019





Corrida de triunfadores

CRÓNICA DA CORRIDA MISTA DE TRIUNFADORES NA NAZARÉ

Primeiro toiro - 500kg Moura Júnior

Abriu a sua lide com dois compridos.

Nos curtos chegou ao público e teve música no seu segundo curto.

Teve um pequeno percalço, tendo a sua montada escorregado e sendo colhido sem gravidade e voltando com ganas ainda maiores de triunfar. Esteve grande, bem na brega frente a um toiro alegre e dinâmico. O público exigiu mais um mas Moura Júnior deixou a plateia a pedir por mais para a sua segunda lide.

Primeira pega – Coruche – João Prates

Ao primeiro intento, uma pega de enorme qualidade com o cara a aguentar um toiro que se arrancou com prontidão. Um excelente começo

Segundo toiro - Luis rouxinol jr – 540 kg

Frente a um toiro com poder mas que investia de arrião, o mais novo da casa rouxinol teve raça e provocou o seu oponente tendo uma lide de valor onde o seu companheiro “Douro” atacou e aguentou as investidas do negro.

Os espectadores sentiram a enorme vontade do cavaleiro e sua montada! Realce para o seu último curto.

Segunda pega - caldas da rainha - Duarte Manuel

Conseguiu concretizar à terceira tentativa, já com as ajudas carregadas após uma primeira tentativa com derrotes fortes e o grupo a tardar.

Terceiro toiro - Nuno casquinha - 470kg

Lide alegre e a gosto, Nuno casquinha agradou à audiência. Correto e ponderado, andou garboso e a gosto.

Quarto toiro - Moura Júnior - 550 kg

Uma lide de levantar a praça, foi assim que João Moura Júnior se encerrou na Nazaré.

Excelente na brega, ferros de alto nível aumentando a parada e mostrando que se encontra no top da nova vaga.

Terceira pega - coruche - Bruno matias

Ficou consumada à terceira tentativa com as ajudas carregadas.

Quinto toiro- rouxinol jr - 560kg

Frente a um hastado que saiu com imponência, o ginete de pegões arrimou-se. Após um ligeiro toque na montada, veio em crescendo e levou todos os presentes ao rubro com o “Girassol”. Ferros excelentes e vistosos. Voou alto e afirmou-se uma vez mais como candidato ao top da sua geração!

Quarta pega - caldas da rainha - Duarte palha

Uma pega rija à segunda tentativa, com o grupo a unir-se e aguentar o forte embate do quinto toiro da noite.

Sexto toiro - Nuno casquinha - 520 kg

O último da noite calhou a Nuno Casquinha, que nos brindou com uma lide de toreria e seriedade. O público esteve com ele e verificou-se que em Portugal o toureio a pé é respeitado e tem motivos para se orgulhar de quem o representa. Encerrou uma noite cuja segunda parte foi mais emocionante.

Crónica: MARTA PENEDO

Fotos: MÓNICA SANTA BÁRBARA