Periodicidade: Diária - Director: Armando Alves - 13/06/2021.
 
 
À conversa com a Cavaleira Joana Andrade
À conversa com a Cavaleira Joana Andrade
22 de Janeiro de 2014

O Forcadilhas e Toiros esteve á conversa com a cavaleira Joana Andrade na Vila do Redondo, num dia soalheiro, com muito frio mas sem sinal de chuva.

Como manda a tradição, inicia-se no dia 1 de Fevereiro na Praça de touros Dr. Libânio Esteves em  Mourão, mais uma época taurina que se espera seja repleta de êxitos.

Neste sentido fomos assistir a um treino da cavaleira Joana Andrade e no final tivemos oportunidade de estar à conversa com ela.

Aqui ficam as palavras trocadas com a cavaleira Joana Andrade Couves, natural de São Jorge de Arroios, Lisboa, com a bonita idade de 25 anos.

FT - Joana ainda és cavaleira de alternativa?

JA - Sou cavaleira de Alternativa desde o dia 10 de Maio de 2010 e tenho a honra de ser afilhada da Ana Batista. Para historia fica que nesse dia, na praça do Montijo, uma Mulher foi madrinha de Alternativa de outra Mulher, pela primeira vez no mundo.

FT - Como ocupas o teu tempo livre?

JA - Gosto muito de montar a cavalo, é o que me ocupa a maioria do tempo.

FT - Achas que o teu percurso nesta profissão é mais fácil ou mais dificil por seres mulher?

JA - Tem sido difícil, mesmo muito difícil, mas não tem nada a ver com com a minha condição de mulher. Eu já passei por situações que não desejo a ninguém, já me dizimaram uma quadra por completo… Só a minha paixão por esta profissão e o meu querer, fazem com que tenha conseguido ultrapassar todos os obstáculos.

FT - Descreve-nos o teu toreio?

JA - O meu toureio depende dos cavalos que disponho e do touro que me calhe em sorte, mas o que pretendo sempre é não defraudar quem paga bilhete.

FT - Tens algum toureiro que te sirva de inspiração? Algum idolo?

JA - Eu gostava de saber de touros o que o João Moura sabe e, de ter os cavalos arranjados como o Pablo Hermoso tem.

FT - Com quem gostavas de partilhar cartel?

JA - Eu toureio com quem a empresa contrate. Tenho uma admiração muito grande por todos os que entram em praça e se põem diante de um touro.

FT - Indica-nos uma praça onde sonhes actuar?

JA - Em 2011, quando a época terminou e fiz a apreciação sobre a minha temporada, disse que sonhava todos os dias que o telefone tocava e que era o meu apoderado a dizer que estava contratada para o Redondo e para o Campo Pequeno. Já lá vão 3 anos e 2 temporadas, fui contratada para a praça do Redondo num cartel de peso e não só cumpri, como triunfei. Ainda não fui ao Campo Pequeno mas tendo em conta a minha última temporada devo lá ir este ano. Os meus sonhos agora, passam por a América do Sul, por praças como a Plaza México, Acho…

FT - Qual é a tua quadra para 2014? Vamos ter novidades? se sim, quais serão?

JA - Tenho de saída o cavalo Ourem com ferro Santo Estevão, muito toureado e o cavalo Boémio com ferro Monte das Mos, que é para mim o cavalo de saída mais seguro que tive até hoje.

Para os ferros curtos tenho o T-Malibu, o Guloso com ferro Lopes da Costa, o Triunfador com ferro Quinta da Alegria, o Magico com o meu ferro e o México com o ferro, cá da casa Anão, sendo este a novidade para a próxima temporada.

FT - Quantas corridas pensas fazer em 2014? Pensas tourear fora de Portugal? Se sim, onde?

JA - Na temporada passada touriei 4 corridas no Canadá e já na temporada anterior lá tinha toureado uma corrida. Dai nasceu uma relação de amizade e profissional com o Elio Leal e com o Sr. Fernando Gonçalves, são os proprietários da ganadaria Sol e Toiros do Canadá. No final da passada temporada, lançaram-me um repto que não pude deixar de aceitar. Portanto, na temporada que começa dia 1 de Fevereiro, vou estar como responsável da Quadra da Coudelaria Luso Canadiana e farei toda a temporada do Canada e conto, se for possível fazer uma corrida na California. Posso ainda garantir-vos que já tenho contratadas tardes em Espanha, França e Portugal.

FT - O que sentes ao entrar numa praça e veres as bancadas "vazias"?

JA - Na passada temporada nunca entrei em praça nenhuma com as bancadas vazias, antes pelo contrário tive o prazer de tourear em Idanha, onde não cabia nem mais uma mosca assim como em Baião…

FT - Que balanço fazes da tua carreira até agora?

JA - Tem sido a possível, mas o melhor ainda está para vir.

FT - Quem é a Joana Andrade Couves?

JA -  é uma jovem com um projecto de vida definido que o vai fazendo real passo a passo…

FT Numa palavra:

A tua melhor lide? 2 de Agosto de 2013 Mourão

Um cavaleiro? Anky van Grunsven

Uma ganadaria? Falé Felipe

Um forcado? João Machacaz

Um toureiro? José Tomaz

Um bandarilheiro? Domingos Prates

Um cavalo? Mágico

Uma praça? Sevilha

Clube? Benfica

Um filme? Black Beauty

Férias? Túrquia

Um país? Canadá

Uma cidade? Lisboa

Praia ou campo? Campo

Comida favorita? Frango com esparguete

Um sonho? é só meu…

FT - Uma palavra/sugestão para o forcadilhas e toiros

Sorte, e que sejam sempre íntegros.

 

 

 

 

 

 

 

 

Autor da entrevista: ARMANDO ALVES