Periodicidade: Diária - Director: Armando Alves - 12/06/2021.
 
 
IMAGENS E MEMÓRIA FUTURA DO CONCURSO DE GANADARIAS EM SALVATERRA DE MAGOS
IMAGENS E MEMÓRIA FUTURA DO CONCURSO DE GANADARIAS EM SALVATERRA DE MAGOS
10 de Maio de 2021


 
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Rostos da praça
Cavalos e Toiros da corrida



Bravura Veiga Teixeira e apresentação Vinhas levaram os troféus

MEMÓRIA FUTURA DA CORRIDA DE TOIROS EM SALVATERRA DE MAGOS

 

Data da corrida de toiros: 9 de maio de 2021

Local / praça da Corrida de Toiros: Salvaterra de Magos

Empresário: Rafael Vilhais Unipessoal, Lda.

Director de corrida:  Marco Cardoso

Veterinário:  José Luís Cruz

Avisador:  João Fialho

Banda de Música:  Filarmónica Salvaterra de Magos

Cornetim: José Henriques

Embolador:  Luís Campino

Hora de início da Corrida: 17 H

 

CARTEL DA CORRIDA

 

Cavaleiros: António Telles, Ana Batista, Francisco Palha

Forcados: Amadores de Santarém e Amadores de Coruche

Bandarilheiros: João Ribeiro “Curro”, António Ribeiro Telles Bastos, Filipe Gravito, Duarte Alegrete, Diogo Malafaia e João Alegria

 

TOIROS

Ganadarias: Veiga Teixeira, Murteira Grave, Dr. António Silva, Vinhas, Fernandes Castro, Canas Vigouroux

Campinos:  João Fernandes e Bruno Simões

 

CORRIDA

CAVALEIROS

 

1º Cavaleiro António Telles                                    

Colocação de ferros                                    

Compridos: 2                                                

Curtos: 4

 

Breve descrição da lide:

O cavaleiro brindou a sua lide ao público e teve pela frente um toiro grande, que impunha respeito, mas distraído. Não complicou e António conseguiu tirar bom proveito do oponente cravando com classe e mestria. Um toiro que foi abrindo e crescendo permitindo uma lide do agrado de todos os presentes.

 

1º Toiro da Ganadaria Fernandes Castro, com 610 kgs e o número 101, coube aos forcados amadores de Santarém, através do forcado de cara Francisco Graciosa, que brindou a pega a Diogo Sepúlveda, consumou a pega à 1ª tentativa. Valorosamente agarrou-se com garra ao toiro com o grupo a aguentar o forte embate em tábuas, que ainda durou, demonstrando forte coesão no grupo.             

                                                                                                                     

2º Cavaleiro Ana Batista

Colocação de ferros

Compridos:  2

Curtos:  4

 

Breve descrição da lide:

Ana frente a um Teixeira de bonita apresentação e que pedia contas, com um ferro de destaque! Contudo, o era um toiro que requeria proximidade tendo havido um pouco de falta do mesmo.        

 

2º Toiro da Ganadaria Veiga Teixeira, com 540 kgs e o número 697, coube aos forcados amadores de Coruche, através do forcado de cara Miguel Raposo, que brindou à madrinha do Grupo, D. Fernanda Telles, tendo consumado a pega à 1ª tentativa com o toiro a fugir ao grupo e tendo este conseguido reunir e acoplar-se garantindo assim a permanência do forcado de cara.     

                                                                                                                                                

3.º Cavaleiro Francisco Palha                  

Colocação de ferros                                    

Compridos:  2                                

Curtos:  5

 

Breve descrição da lide:

Francisco Palha brindou a sua lide aos colegas de cartel, António Telles e Ana Batista. O primeiro toiro que lhe calhou em sorte veio de uma herdade em que tudo tem uma mística, essa herdade da Galeana! Frente a um Grave que cumpriu, Palha, como sempre nos habituou arriscou, umas vezes compensando e chegando ao público e outras terminando em toques na montada ou ferros falhados! Sabemos que quem não arrisca não petisca, mas...

 

3º Toiro da Ganadaria Murteira Grave, com 530 kgs e o número 5, coube aos forcados amadores de Santarém, através do forcado de cara António Taurino, que brindou a pega ao Sr. Eng.º João Ramalho. O toiro arrancou de largo ao cite do forcado escalabitano que se agarrou e não mais largou cumprindo assim pelo seu grupo à primeira tentativa. 

 

4.º Cavaleiro António Telles                                   

Colocação de ferros                                    

Compridos:  2                                               

Curtos:  5

 

Breve descrição da lide:                    

Uma lide excelente, repleta de classe e “savoir faire”, de colocar a praça em pé demonstrando que o toureio clássico sem “rococós” mexe com o coração dos aficionados.

 

4º Toiro da Ganadaria Canas Vigouroux, com 580 kgs e o número 584, coube aos forcados amadores de Coruche, através do forcado de cara Tiago Gonçalves, que brindou a pega ao Sr. José da Costa e que aguentando os derrotes com o grupo a ligar-se e a fechar-se, consumou a pega à 1ª tentativa.  

                                                                                                                     

5º Cavaleiro Ana Batista

Colocação de ferros

Compridos: 2

Curtos: 4

 

Breve descrição da lide:

A cavaleira brindou a sua lide ao público e esteve muito mais a gosto e “positiva” no seu último da tarde! Um toiro voluntarioso e que se arrancava com facilidade proporcionou à cavaleira da terra uma lide de seu agrado e de quem assistiu! Andou a gosto e confiante! A Ana que tanto gostamos de ver em praça!

 

5º Toiro da Ganadaria Vinhas, com 580 kgs e o número 107, coube aos forcados amadores de Santarém, através do forcado de cara Salvador Ribeiro de Almeida, que pegou à barbela e consumou a pega à 1ª tentativa.

                             

6.º Cavaleiro Francisco Palha                  

Colocação de ferros

Sorte de Gaiola: 1                                       

Compridos: 1                                 

Curtos: 7

 

Breve descrição da lide:

Frente a um toiro que não era fácil, que humilhava demais pondo a cara por baixo, o cavaleiro teve uma lide mais pensada e estruturada, que resultou num início de alta nota com uma sorte gaiola! Na cravagem curta andou alegre e destacou-se nos antepenúltimo e penúltimo ferros curtos.

 

6º Toiro da Ganadaria António Silva, com 590 kgs e o número 101, coube aos forcados amadores de Coruche, através do forcado de cara António Tomás, que brindou aos céus e que consumou a pega à 1 ª tentativa, sem dificuldades.

 

Tendo a corrida de Salvaterra sido um Concurso de Ganadarias e estando em disputa os troféus de Bravura (João Ramalho) e Apresentação (José de Sousa), foram estes atribuídos à Ganadarias Veiga Teixeira e Vinhas, respectivamente.

 

A “casa” esteve esgotada mediante a lotação permitida pela DGS.

Memória futura: MARTA PENEDO

Fotos: ARMANDO ALVES