Periodicidade: Diária - Director: Armando Alves - 12/12/2019.
 
 
PERSPECTIVAS PARA A NOVA ÉPOCA
PERSPECTIVAS PARA A NOVA ÉPOCA
31 de Janeiro de 2019

Artigo de opinião da Engª Técnica Marta Penedo

A Tauromaquia tem sido, cada vez mais, alvo de ataques por grupos extremistas e, perdoem-me a expressão, ignorantes relativamente a todos os princípios, valores e sentimentos que a festa brava transmite a todos nós aficionados. São ignorantes sim, pois não sabem do que falam… mencionam sondagens falsas e muitos argumentos “descabidos”. No entanto não é disto que pretendo falar, pois estaria a dar relevância a indivíduos que não a merecem de todo.

Isto como nota introdutória sobre a opinião de alguém que fantasia com um mundo tauromáquico que prosperará com o passar dos anos.

Em 2019 creio que as gentes da festa (intervenientes directamente relacionados com a mesma) de tudo farão para que a mesma não caia nas ruas da amargura ou pior, que se considere uma cultura/arte extinta.

Vejo iniciativas muito positivas no que à instrução do público concerne, tais como palestras, visitas a escolas, treinos de grupos de forcados abertos ao público em geral, angariação de fundos para causas solidárias… Enfim, poderia enumerar toda uma panóplia de ideias extremamente agradáveis e essenciais para um rumo que garanta a nossa “sobrevivência” enquanto indivíduos livres, enquanto verdadeiros aficionados!

Amanhã, dia 1 de Fevereiro, tem lugar em Mourão o 1º evento do calendário taurino! Toda a gente se encontra ansiosa, pois o defeso já pesa e a saudade aperta. Que encha este festejo, todos a Mourão!!!!

As principais expectativas para 2019 são as mesmas que desejámos sempre. Bons cartéis, praças cheias e que todos saiam satisfeitos no final de cada evento taurino.

Muito importante, caríssimos leitores, temos de nos unir. E quando falo em “temos”, falo de apoderados, forcados, cavaleiros, toureiros, peões de brega, empresários, ganaderos, o próprio público! Meus senhores e minhas senhoras, temos que remar todos no mesmo sentido e não cada um a puxar a “brasa à sua sardinha”. Conhecem a filosofia “a união faz a força”? Pois coloquem-na em prática, pois só assim marcaremos uma posição e diremos um “BASTA!” a todas as controvérsias a que a cultura taurina é constantemente sujeita.

2018 foi um ano muito trágico pois perdemos muitos amigos, familiares (inclusivamente eu cuja perda foi gigante) e profissionais extraordinários que lutaram todos os dias pela nossa tão querida festa brava.

O ano de 2018 foi trágico… Na minha opinião… 2019 será promissor! Muito promissor.

Um Bem Haja a toda a comunidade taurina!

Engª Técnica Marta Penedo